quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Em Famalicão, mandou o Leão


Estou de volta aos comentários, o facto de estar a orientar 3 equipas (2 escalões jovens e uma sénior), tem-me retirado tempo para vir aqui mandar os meus "bitaites" acerca do nosso grandioso clube.

E vão 7 com esta, o nº de vitórias consecutivas do Sporting (aquele clube que já estaria precocemente arrumado para esta época, e que apenas tinha contratado "flops"). Como as coisas mudam num curto espaço de tempo... Onyewu já é um excelente central, Polga até já é indispensável, Schaars até dá uns toques, e pasme-se, "o holandês com nome difícil de pronunciar" é mesmo goleador e 5 Milhões até foi um excelente negócio.

Neste jogo de Taça, Wolfswinkel voltou a mostrar a sua veia goleadora, sobressaindo aquela que é a sua principal arma, variedade de recursos na hora de atirar à baliza. Desta vez mostrou frieza na marcação  do penalty (10 jogos depois... finalmente um penaltizito...), e ainda dotes no jogo aéreo, com o golo de cabeça. É sem sombra de dúvidas um avançado completo, e o Sporting contratou um verdadeiro diamante.

Quanto ao jogo, não tenho muito a dizer, até porque foi um mau jogo, de fraca qualidade, onde se safaram as poucas oportunidades de golo, com algumas boas jogadas pelo meio. A passagem de Capel para o seu lado preferencial na 2ª parte, também contribuiu para a melhoria do Sporting. Notou-se claramente a falta de Elias e Rinaudo no meio-campo, pela agressividade e intensidade que imprimem ao jogo. De qualquer forma há mérito também do Famalicão, que foi uma equipa bem organizada e que dificultou ao máximo a tarefa do Sporting, chegando mesmo a dar a ideia que poderia chegar primeiro ao golo, no início da 2ª parte, onde o Sporting entrou com uma dupla de centrais de recurso, com Evaldo a assumir esse papel ao lado de Rodriguez. Valeu o penalty ganho por Matias (continua pouco consistente e sem alegria nenhuma a jogar) e convertido superiormente por Ricky van GOL. A expulsão logo a seguir do homem do Famalicão arrumou com a eliminatória e descansou os sportinguistas. O segundo golo veio com naturalidade, depois de um excelente cruzamento de Pereirinha a encontrar a cabeça de, quem mais poderia ser, Wolfswinkel. Suada, mas justa esta vitória.




Ganhou a equipa mais forte, com excelente réplica da equipa da casa

Sem comentários:

Enviar um comentário

PES 2018 | Kits do Sporting CP 2017-2018

Como não encontrei em mais lado nenhum resolvi fazer os kits do Sporting e partilhar convosco. Não estão perfeitos, mas para já desenrascam....