terça-feira, 27 de março de 2012

Sporting 1-0 Feirense | Rescaldo

Capel converteu uma grande penalidade indiscutível
Ficou provado mais uma vez que com uma arbitragem isenta, e sem mácula como esta, apesar do Sporting ter vencido com um golo de penalty, é possível o nosso clube ganhar mesmo jogando menos bem, e quanto baste, como sucedeu neste jogo, principalmente na 2ª parte. No final, ninguém falou de arbitragem.

Convenhamos que não será fácil motivar estes jogadores para esta competição, que como já disse anteriormente está ferida de credibilidade e irremediavelmente perdida para o Sporting em termos de objectivos principais. Só o facto de irmos defrontar os 3 principais candidatos nas últimas jornadas poderá dar algum incentivo para que a nossa equipa jogue nos limites nesta competição.

Este jogo com o Feirense apenas teve 30 minutos de bom futebol do Sporting, e ainda assim a um ritmo não muito elevado, e onde se notaram claramente as ausências de Schaars e Matias. Renato Neto é um jogador de processos lentos, embora tenha feito uma partida aceitável. Foi também dos jogos em que a nossa defesa menos trabalho teve, com Patrício com uma noite perfeitamente tranquila.

Elias e João Pereira foram aqueles que a meu ver, mantiveram as "rotações" sempre elevadas ao longo de toda a partida. Elias não joga bonito, e os adeptos do Sporting têm que perceber isso, é essencialmente um jogador de grande disponibilidade e trabalho, que faz falta a qualquer equipa. Já tenho visto por aí criticas inaceitáveis de sportinguistas a este jogador, pessoas que provavelmente são adeptas do "Joga Bonito" mas que de futebol pouco percebem. Depois um dia não se admirem de o ver jogar num dos clubes que nós sabemos, mas aí já será tarde para se lamentarem. Lembram-se de Custódio? Não prestava, mas foi um elemento fundamental no Sporting de Peseiro que atingiu a final da Uefa e hoje corre o risco de ser campeão e com certeza estará presente na Champions 12/13, ao serviço do Sp. Braga. E é apenas um exemplo de muitos outros, que para o Sporting não serviam, mas que hoje brilham a grande altura com outros emblemas.

Uma equipa faz-se de grandes artistas, mas também de profissionais exemplares, que dão tudo o que têm em campo, e esses são aqueles que muitas vezes são injustiçados por não terem os requisitos técnicos de outros, mas que trabalham a dobrar e por isso deveriam merecer o respeito de todos.

Nesta partida, escolheria para MVP, João Pereira, pois foi aquele que conseguiu através das suas investidas pelo lado direito, criar desequilíbrios ao longo de toda a partida, mostrando sempre algum inconformismo com a apatia de alguns companheiros de equipa.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ontem fomos brindados com 2 novos jogadores

Cristiano Piccini (Ex-Bétis) Piccini  é o Lateral direito, moderno, que gosta de subir pela sua faixa apoiando o ataque, e qu...