É hora de valorizar o que é nosso!


Se estivéssemos a falar de um Adrien proveniente da Argentina, de um Cedric da Croácia e de um Wilson vindo directamente do Flamengo do Brasil, estaríamos todos a festejar estas 3 excelentes aquisições, já com provas dadas, e todos internacionais pelas selecções jovens.

Como se tratam de 3 portugueses, e "velhos" conhecidos da casa, achamos que não é o suficiente para reforçar o plantel para lutar pelo 1º lugar. É por pensarmos assim que outros clubes têm aproveitado da melhor maneira as nossas "sobras" (exemplo Sp. Braga, que com orçamento muito baixo, tem lutado nos últimos 3 anos pelos primeiros lugares até ao fim). Estes jogadores acabam por encontrar uma casa onde são vistos e tratados como "Senhores", ao contrário do que acontece em Alvalade.

Está na hora de valorizar e sobretudo acarinhar os nossos jovens jogadores, deixá-los crescer sem partir logo para a critica na primeira má exibição. Quanto dinheiro o clube já estoirou com jogadores caríssimos e de qualidade muito duvidosa, ou que simplesmente não se adaptaram? Sim, porque por vezes o que à partida parece ser uma grande aposta (ex: Sinama Pongolle, Stojkovic ou Bojinov), torna-se numa grande desilusão, e entretanto foram enterrados Milhões nessas contratações, para não falar dos seus chorudos salários, que o Sporting continua a pagar, mesmo sem contar com os jogadores.

Qual é o risco maior? Apostar nos nossos jovens, alguns já perfeitamente adaptados ao clube e ao futebol português, ou em estrangeiros "desconhecidos", alguns que até mostraram qualidades nos anteriores clubes, mas que vêm para uma realidade diferente, e muitas vezes em condições físicas deficientes.

Muitas vezes nós adeptos temos a nossa culpa, porque exigimos do clube aquilo que ele não pode dar, desvalorizamos os nossos activos, ao assobiarmos constantemente os jogadores que não desejamos (as saídas do Postiga e Djaló ao preço da chuva, têm muito a ver com o clima gerado em torno destes atletas, clima esse provocado principalmente pela massa adepta), se os jogadores já tinham a sua confiança comprometida, fruto de duas épocas deprimentes do clube, ainda pior ficaram. Curiosamente os clubes que os acolheram, festejaram efusivamente a suas contratações. No caso de Postiga, fez mesmo uma época excelente na liga espanhola, sendo decisivo na manutenção do seu clube na primeira liga espanhola. Para além do mais, é titular numa das melhores selecções do mundo, Portugal. 

Em recente entrevista, Godinho Lopes falou em apenas duas contratações, e falou muito bem, porque o Sporting apenas precisa de reforçar dois sectores, 1 defesa central e 1 avançado centro de qualidade inequívoca. Até porque o investimento feito a temporada passada, não pode ser repetido esta época.

É óbvio que os bons negócios como o de Labyad, são sempre de aproveitar e mais surpresas podem surgir, mas acredito que só se sair algum dos jogadores considerados fundamentais, o Sporting deverá avançar para mais do que duas aquisições.

Comentários

Vitor Santos disse…
Boa tarde totalmente de acordo consigo , vamos apoiar os nossos e ja com a base que temos seremos muito fortes . Um bom central e um grande avançado e somos campeões esta epoca com o Sá Pinto.
JbabyLeao disse…
eu nao axo precisamos, de 2 DC nao 1, mais um extremo esq. porque o Capel fica muito cansado e ainda mais 2 avancados nao 1 porque o Rubio precisa de jogar seria emprestado a Academica ou inserido na equipa B preferia emprestimo porque senao ia tapar ou perder lugar para jogadores como Betinho ou Etock

SL
O problema "JbabyLeao" é que não há dinheiro para comprar 2 centrais de qualidade, e para comprar 2 medianos, é preferível comprar um bom e ir buscar o Nuno Reis por exemplo... Quanto aos avançados, tenho a mesma opinião, um de categoria e aposta em outro jovem. Até porque já existe Wolfswinkel e serão poucos os avançados que quererão vir para o SCP aquecer o banco.

SL

Mensagens populares deste blogue

Algo de inimaginável há 3 anos atrás

MERCENÁRIOS, é a palavra acertada