Emprestados devem defrontar o seu "clube patrão"?

Eu sou completamente contra a utilização de jogadores emprestados nos jogos frente aos clubes que detêm os seus passes e em muitos casos, também pagam os seus salários.



Esta regra tem de uma vez por todas que ser alterada e/ou reformulada. Até porque depois nem todos são verdadeiramente "profissionais" ao ponto de jogarem frente ao seu clube de origem da mesma forma, e com o mesmo empenho, e os que o fazem podem estar a comprometer o seu próprio futuro, no caso de virem a regressar na época seguinte, ou mesmo no mercado de Inverno. Lembro-me do caso Wender, por exemplo, que foi emprestado ao Braga poucos dias antes do Sporting receber os minhotos, e foi o que se viu, com o brasileiro a fazer excelente exibição marcando golos e comprometendo a classificação final do seu próprio "clube patrão", pondo mesmo em causa a conquista do campeonato e/ou o apuramento para a Champions (aliás o timing desse empréstimo foi no mínimo ridículo).

Cada clube deveria ter no máximo 1/2 jogadores emprestados do mesmo clube, não podendo estes defrontar o clube que lhe paga, evitando assim desconfortos como o que aconteceu ainda nas últimas horas com Adrien, que veio demonstrar ambição em vencer o "seu" clube na final (tem toda a legitimidade para isso, mas deveria estar calado), e com Sá Pinto a mostrar também algum incómodo com a situação na conferência de imprensa da final da Taça.

Eu pergunto: De que lado vai estar o coração de Adrien Silva ou Cédric Soares? Sim, porque no futebol também se joga e muito com o coração. Irão festejar se marcarem golo? Se festejarem ficarão bem vistos em Alvalade? E se forem expulsos ou cometerem uma grande penalidade decisiva? O que irão especular os adversários?

Enfim... é o futebol que temos...

Comentários

Ruben Silva disse…
É, de facto, uma questão pertinente. O comportamento deste tipo de jogadores vai estar sempre condicionado por estarem a jogar contra o seu clube.

http://diariodesportivo1.blogspot.pt/
http://www.facebook.com/DiarioDesportivo

Aceitas um troca de links?
Cumps.

Mensagens populares deste blogue

Algo de inimaginável há 3 anos atrás

MERCENÁRIOS, é a palavra acertada