terça-feira, 11 de setembro de 2012

Há um grande interesse em acabar com o Leão!

Recordo os sportinguistas, como já afirmei neste blog, que Godinho Lopes não era o meu preferido nas eleições, mas a partir do momento que assumiu a presidência do clube, passou a ser o meu presidente. E verdade seja dita, que o trabalho efectuado até agora foi positivo, e apenas os resultados desportivos não corresponderam, pois os nossos adversários passaram a ver o clube com outros olhos, no momento em que o plantel foi todo remodelado, e o estádio voltou a contar com uma boa moldura humana em praticamente todos os jogos.


Não fora alguns erros de terceiros em momentos chave to Campeonato, e o nosso Clube estaria neste momento a preparar os jogos da Champions e não da Liga Europa, o que faria bastante diferença nas contas do clube. Houve erros próprios também, mas eles vão sempre existir, e os nossos adversários também os cometem, e por vezes mais graves, mas contam sempre com alguma cobertura por parte dos média, que como todos sabemos, são cada vez mais facciosos.

Existe claramente o interesse de alguns clubes, e particularmente do Sp. Braga, no afundamento do nosso clube, e na descredibilização do mesmo, para que possam assumir o título de 3º grande, o que quanto a mim irá levar muitos anos, embora alguns jornalistas, comentaristas e paineleiros, passem a mensagem e a ideia que os minhotos já são um "grande" do futebol português. Pura ilusão, pois para mim "os guerreiros do Minho" não passam de mais um instrumento de Pinto da Costa, para incomodar os rivais da 2ª circular.

Com muita pena minha, vejo muitos "ditos sportinguistas" a entrar nestas ondas de desestabilização, e constantemente a exigir a demissão deste e daquele, a insultar treinadores e jogadores, assim que os resultados negativos aparecem, contribuindo para o descrédito do clube e para a desvalorização de jogadores, para o seu mal estar dentro do clube e consequente mau rendimento.

As coisas a continuarem assim, juntando aos graves problemas financeiros, com a dívida do clube a aumentar, sendo inevitável, pois ou se investe na equipa tornando-a mais competitiva, sempre sem garantias de resultados, pois isto trata-se de um jogo, dentro de uma "selva" onde vale tudo para ganhar, ou não se investe, diminuindo o valor da dívida, apostando na "prata da casa" (era o que fazia Paulo Bento, mas não prestava e toca a correr com ele...), mas correndo o risco de nunca conseguir ficar perto do título, ou até mesmo pondo em risco a participação em provas europeias.

Vi muitas criticas ás vendas prematuras de alguns dos melhores jogadores do plantel de Juniores Campeão em 2011/2012, mas esse terá que ser o caminho, pois não há espaço para todos no plantel principal, e uma aposta em muitos desses jovens no presente, teria que ser num projecto a longo prazo, e o Sporting não tem  tempo, precisa de vencer já. Entre jogar no Barcelona B, com um bom contrato a ganhar X, e ficar na equipa B do Sporting, a ganhar -X, é evidente qual a preferência dos jovens leoninos. Para além disso, se o clube conseguisse vender todos os anos 6 ou 7 desses jogadores, e encaixar verbas significativas com isso, pois todos os anos saem entre 10 a 15 atletas dos Juniores, ávidos por jogar num clube que lhe dê alguma projecção, sabendo que dificilmente entrarão nas contas da equipa principal do clube. É um problema conjuntural de todo o futebol português que permite que os clubes entrem em campo com 11 jogadores estrangeiros, pois de outra forma tenho a certeza que o Sporting conseguiria, apoiando-se na sua Academia, lutar pelo titulo de igual para igual com os outros rivais, gastando muito menos.

O fenómeno Internet, permite que grupos organizados, muitas vezes infiltrados ou camuflados por sites e/ou blogs alusivos ao nosso clube, consigam espalhar a desordem e a divisão entre os adeptos mais cépticos, e temos que estar atentos a tudo isto, pois não acredito que verdadeiros sportinguistas escrevam ou digam coisas como as que vejo pela blogosfera, a não ser que lucrem algo com isso, ou que se tratem de jovens adeptos frustrados com os resultados da equipa, faltando-lhes ainda discernimento para distinguir o que é bom ou mau para o seu clube, pois hoje em dia, qualquer criança de 10 ou 12 anos consegue ter o seu blog ou página nas redes sociais, e dizer o que bem lhe apetece ou lhe vai na alma.

Com este estado de coisas, e sem UNIÃO no nosso clube, corremos o risco de um dia seguirmos o mesmo caminho de clubes como o histórico Rangers da Escócia, e depois então esses "ditos sportinguistas" ficarão mais satisfeitos, por um dia terem exigido ao clube aquilo que ele não podia dar e contribuído para a destruição do mesmo. Não é com constantes revoluções na direcção do clube e da equipa de futebol, que o Sporting conseguirá de uma vez por todas construir um projecto ganhador, que leva anos a construir. As últimas eleições do Sporting, são espelho da divisão que existe no clube, e qualquer que fosse o vencedor, teria sempre forte oposição, e isso é que está a destruir o GRANDIOSO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL.

VAMOS DAR AS MÃOS!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ontem fomos brindados com 2 novos jogadores

Cristiano Piccini (Ex-Bétis) Piccini  é o Lateral direito, moderno, que gosta de subir pela sua faixa apoiando o ataque, e qu...