quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Depois de tanta asneira, uma decisão genial!

O momento não é o ideal para a entrada de uma pessoa como Jesualdo Ferreira no clube, ainda para mais quando se sabe que Godinho pode estar a prazo no Sporting.

Este sim, respira futebol por todos os poros.
As coisas foram feitas ao contrário, após a saída de Sá Pinto, primeiro deveria ter sido contratado o tal "Manager" e então depois o treinador, escolhido já por essa mesma pessoa. Não sei é se naquele momento haveria alguém com o capital de experiência e competência de Jesualdo, para ocupar o cargo, ou mesmo se se acreditava que este, ou alguém como ele, pudesse querer abraçar este projecto num momento tão delicado como o que o clube atravessa. Penso que a posição assumida por Jesualdo em recente entrevista dada na TV, dizendo que ninguém dos leões o tinha convidado e que seria uma honra servir o Sporting, caso isso viesse acontecer, terá levado os responsáveis leoninos a endereçar o convite a este "Senhor" do futebol português, para o qual esta modalidade não terá grandes segredos.

Gostei da forma frontal e directa como abordou todas as questões dos jornalistas, aliás como é seu estilo, e o conhecimento absoluto que demonstrou daquilo que verdadeiramente é a essência do Sporting, e que até muitos sportinguistas desconhecem, principalmente os mais jovens, o que é normal e natural.

Se o que pretende fazer do futebol do Sporting for exactamente aquilo que disse, então tem o meu completo e absoluto apoio. Sempre disse que a equipa principal do Sporting tem que assentar sobretudo no que de melhor se faz na formação, à semelhança do que se fez no período de 4 anos que Paulo Bento esteve à frente do Sporting. Duas Taças de Portugal, outras tantas Super-taças (ganhas directamente ao FCP), 4 presenças na Champions, e embora o futebol praticado não fosse "de sonho", a equipa era consistente dentro e fora de portas, disputou taco a taco os títulos de campeão com os rivais e só não foi Campeão por razões que todos nós sabemos. Mas para muitos sportinguistas não chegava, e  o resultado está à vista...

Ao contrário da chegada e apresentação de Domingos, com toda aquela apoteose e frases como "o Sporting é mesmo grande...", Jesualdo Ferreira pareceu-me bastante sincero em tudo aquilo que disse, parecendo estar bastante convicto e determinado naquilo que pretende para o Sporting, e ao contrário de outros não vejo qualquer problema com a permanência do treinador Vercauteren. Jesualdo terá funções semelhantes ás de Ferguson no Manchester, onde trabalhou juntamente com Carlos Queirós, formando uma dupla excelente, entre um sábio e astuto homem do futebol como Ferguson e um especialista em metodologia do treino e formação. Caberá a Jesualdo, mais tarde ou mais cedo, escolher "o seu" treinador, e se ficará ou não no banco durante os jogos, tendo influência directa nas escolhas e decisões de cada partida, como faz Alex Ferguson no Manchester.


  • Agora, o que sucederá se de repente esta administração cair?
  • Jesualdo sairá junto com o homem que apostou nele?
  • Quem ficará a comandar o Sporting nesses 2 meses?

Só o tempo o dirá, mas GL joga aqui uma grande cartada, que poderá ter grande influência na decisão dos sócios, caso a AG de Janeiro se venha a realizar...

Sem comentários:

Enviar um comentário

PES 2018 | Kits do Sporting CP 2017-2018

Como não encontrei em mais lado nenhum resolvi fazer os kits do Sporting e partilhar convosco. Não estão perfeitos, mas para já desenrascam....