sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

O Sporting tem na sua formação um "filão de ouro"!

Parece-me que neste momento só haveria uma coisa a fazer. Estando praticamente todos os objectivos principais comprometidos, e sabendo-se das dificuldades de tesouraria leonina ao final de cada mês, o caminho teria que ser uma aposta concreta e definitiva numa geração fantástica de atletas que está a surgir, que é por demais evidente na equipa B do Sporting, mas também nos actuais Juniores, alguns ainda do grupo de Campeões Nacionais de Juniores da época transacta.

A dispensa de 5 ou 6 jogadores já em Janeiro, de um grupo vasto de jogadores da equipa principal que estão a ganhar salários altíssimos para as posses leoninas, mas que não rendem dentro de campo, nem mostram motivação para melhorar o estado de coisas (ex: Izmailov, Jeffren, Elias, Gelson, Boulahrouz...), abriria portas para a aposta em jogadores como: Esgaio, João Mário, Bruma, Pedro Mendes, Ilori, e outros, e até Adrien e André Martins, que têm estado completamente esquecidos desde há algum tempo.

Esta autêntica "mina" de jovens talentos que vai surgindo na Academia, faz com que haja muito interesse de vários clubes (principalmente os rivais) em que o Sporting caia em desgraça, resultando com isso que haja razões para a rescisão de contratos por justa causa. CUIDADO SPORTING!


Os "TUBARÕES" do futebol nacional e internacional estão de olho nesta crise leonina, e a corrida por este "filão de ouro" pode abrir a qualquer momento. No caso desta direcção cair na mais que provável Assembleia Geral de Janeiro, há que acautelar que todos os pressupostos dos contratos com estes jogadores, nomeadamente que os seus salários estejam garantidos, sob pena de se dar uma debandada de Alvalade, e essa sim com efeitos catastróficos para o clube. Seria o princípio do fim...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Época 2017-2018 | Jogo de Apresentação

Depois do Estágio na Suíça, onde as coisas correram dentro daquilo que é normal nesta altura, embora hajam sempre adeptos mais impacientes ...