segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Último dia do ano 2012, e muitas novidades...

Domingos Paciência deixou hoje de ser assalariado do Sporting, assinando um contrato com o Deportivo (clube de André Santos e Evaldo), onde irá tentar evitar a descida de divisão de um clube histórico de Espanha. Mais um alívio para GL e para as finanças leoninas.




Daniel Carriço, que terminava contracto no final desta temporada, vai rumar a Inglaterra onde vai envergar a camisola do Reading, clube que luta também ele pela manutenção na Premier. Alguns adeptos leoninos deveriam é ter vergonha na cara, quando vêm agora criticar a transferência por "apenas" 750.000 €, quando foram os primeiros a assobiar e a querer o afastamento deste excelente profissional do Sporting da equipa principal. Agora chorem!! Bem feito!!


O "frágil" mas grande jogador Izmailov, deverá estar perto de assinar pelo clube do "sistema". Aliás, o russo tudo fez nesta 1ª volta para ser dispensado, pois foi um autêntico "peso morto" no plantel leonino e uma nulidade nos poucos minutos que entrou esta época. Provavelmente, e à semelhança de Moutinho, terá um bom contracto à sua espera, com um chorudo salário. Prevejo que se tornará um jogador imprescindível no Dragão em pouco tempo. Não auguro nada de bom, nas trocas de jogadores que se falam por aí.



Entretanto já saiu Gelson Fernandes, e fala-se na possível saída de mais alguns jogadores, onde: Elias, Boulahrouz e até Patrício (no caso de proposta tentadora), assumem o papel principal. A aposta em reduzir a massa salarial, dado que os principais objectivos estão já comprometidos, e nos jovens jogadores parece ser já uma realidade. Só espero que se faça de uma vez por todas a dita AG, de forma a que as coisas fiquem de uma vez por todas resolvidas em termos directivos, pois a ficarmos neste impasse, com todas estas ondas de choque em volta da equipa, o resultado possa ser catastrófico.

UM BOM ANO PARA TODOS!! SL

Sem comentários:

Enviar um comentário

Época 2017-2018 | Jogo de Apresentação

Depois do Estágio na Suíça, onde as coisas correram dentro daquilo que é normal nesta altura, embora hajam sempre adeptos mais impacientes ...