sábado, 24 de agosto de 2013

Ante-visão: Académica vs SPORTING e ainda o Arouca...

Depois da magnífica tarde do passado Domingo, com Estádio bem composto, claques organizadas, bons golos e um bom jogo de futebol, o que todos esperam é que o Sporting confirme já amanhã o bom momento em que se encontra e que catapulte a equipa para uma época fantástica, sobretudo de entusiasmo e de harmonia entre o clube e os seus adeptos, e quem sabe com algumas surpresas lá para o final da temporada...

Não estou aqui a afirmar que o Sporting é candidato declarado ao título, pois o caminho será longo e espinhoso, mas a não ser que algo de muito mau e estranho aconteça, tenho a certeza que iremos ter uma época repleta de motivos para festejar, até porque para além do Campeonato há mais duas competições internas para disputar. Até mesmo uma simples conquista de um dos lugares no pódio, será motivo de grande orgulho, tendo em conta o que se passou nos últimos tempos no clube, antes da entrada de Bruno de Carvalho e seus pares.

Mas vamos analisar a equipa e as opções de Leonardo Jardim. Primeiro a defesa:

Mais um golo de Maurício
No jogo com o Arouca, e ao contrário das minhas expectativas, Jardim apresentou Rojo e Maurício como dupla de centrais (o que aliás era previsível), apesar de eu continuar a achar que Dier deveria jogar. Mas como não sou eu o treinador, L.J. saberá melhor do que eu as razões para tal decisão, que poderá estar relacionada com as características diferentes do argentino (melhor a sair a jogar, mais móvel), a sua própria experiência, mas também o facto de ser esquerdino, podendo descair para a lateral, permitindo ao Sporting jogar com apenas 3 defesas em determinados momentos do jogo, com o balanceamento ofensivo de Jefferson. No entanto penso que o Sporting fica a perder principalmente no jogo aéreo, pois é uma das pechas, a meu ver, de Rojo, bem como algumas quebras de concentração e "excessos" na agressividade, apesar de não lhe poder apontar nada em termos de atitude competitiva, tendo até feito uma boa exibição com o Arouca. Para mim Rojo seria mais útil a jogar a lateral esquerdo, consoante as ocasiões e o adversário. Cédric está de pedra e cal, e nem sequer compreendo como há sportinguistas que continuam a insistir na troca por Welder, que já se viu que tem ainda um longo caminho até estar definitivamente integrado no Sporting, pois parece-me um jogador alheado do jogo, sem agressividade em termos ofensivos, limitando-se ás tarefas defensivas. Maurício agarrou o seu lugar, e se continuar assim "certinho" a defender e a marcar um golito de vez em quando, será um caso sério esta temporada.

Para mim já é imprescindível
No "miolo", Jardim optou por Magrão em detrimento de André Martins, mas o brasileiro não conseguiu aproveitar a oportunidade, correu-lhe tudo mal, faltou-lhe intensidade e foi naturalmente substituído cedo pelo português e muito bem. Aliás, uma das características que gosto no treinador leonino, que não tem qualquer problema em mudar, e normalmente para melhor, quando as coisas não estão a funcionar.
William Carvalho está a tornar-se num caso muito sério, e só espero que consiga fazer uma temporada livre de lesões e castigos, até porque em termos disciplinares é um jogador exemplar, pois não precisa de fazer muitas faltas para desarmar os adversários, pois beneficia da sua excelente condição física e posicionamento em campo. Adrien é dos poucos "milionários" que estão a justificar o seu salário, com empenho e rendimento em campo, começando aos poucos a mostrar aquilo que todos esperam dele, e acho apenas que procura por vezes ser demasiado protagonista em alguns momentos, como na marcação de livres, quando se impõe um jogador mais eficaz neste tipo de bolas, particularmente nos que são descaídos para a direita, onde Jefferson deveria assumir o protagonismo. Por vezes Adrien também se esquece de ocupar alguns espaços em frente aos centrais nas horas de aperto junto da área leonina. André Martins entrou e o jogo do Sporting acelerou e ganhou outra dinâmica, e este é o melhor elogio que lhe poderia fazer. Acho no entanto que deveria ser mais atrevido, tentando mais vezes o remate de meia distância.

Fredy Montero foi o homem do jogo com 3 golos
No ataque, Montero mostrou que não só pode jogar sozinho na frente de ataque, como sabe jogar muito bem de costas para a baliza, cria muitas dificuldades aos centrais pela sua tremenda mobilidade, e parece estar sempre no sítio certo na hora de "empurrar" para a baliza. Onde é que eu já vi isto?
As dificuldades poderão surgir em situações em que o Sporting tenha que jogar de uma forma mais directa, mas para isso temos Slimani, embora ache que temos ainda que ver mais alguns jogos para tirar melhores conclusões, quer de Montero, quer de Slimani que se poderá estrear amanhã frente à Briosa.
Quanto aos extremos, embora Wilson seja um falso extremo, dá um equilíbrio à equipa e uma variedade de soluções, que não é possível jogando com dois extremos puros, como Carrillo e Capel, e a luta pela titularidade será entre estes dois últimos, se Wilson Eduardo continuar a jogar desta forma. Apesar de tudo, Capel fez mais nos minutos que jogou, do que Carrillo, que continua a "desaparecer" do jogo a espaços, sendo um jogador de repentismos, e que precisa ainda de crescer e termos tácticos. Gostava que Capel continuasse no Sporting após 31 de Agosto, pois é um jogador que além de dar tudo o que tem em campo, gosta do clube e tem características que podem ainda ser muito úteis aos leões.

Para o jogo de amanhã em Coimbra, eu escolheria este onze:


Embora ache que Leonardo Jardim continuará a apostar em Rojo, e que Magrão poderá voltar a ser titular, podendo LJ repetir mesmo o onze que utilizou frente à Fiorentina, com André Martins mais à direita, ficando o peruano no banco. Pode até mesmo surpreender dando a titularidade a Slimani, apostando num 4-4-2, embora ache pouco provável, mas que poderá mesmo acontecer no decorrer da partida.

Amanhã lá estarei no estádio a ver o jogo ao vivo, sentindo o cheiro relva, o pulsar dos jogadores e a vibração das claques. E QUE VENÇA O SPORTING!!



2 comentários:

ILLUMINATOR disse...

Na análise do jogo com o arouca faltou falar do patrício que teve excelente exibição (como já é hábito).
Concordo com o teu 11 e acredito que o jardim também (penso que o dier ainda estava a recuperar da lesão e o jardim não quis arriscar...)

Treinador Sportinguista disse...

É verdade, faltou o Patrício, mas também já é tão habitual e a regularidade das exibições também, que até me esqueço de o mencionar.

SL

Enviar um comentário

Época 2017-2018 | Jogo de Apresentação

Depois do Estágio na Suíça, onde as coisas correram dentro daquilo que é normal nesta altura, embora hajam sempre adeptos mais impacientes ...